• contato@biosaprova.com.br
  • Seg a sex 7h - 22h | S√°b 7h - 17h

Enem 2020 terá aplicação digital

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá aplicação digital a partir de 2020. No primeiro ano da novidade, a aplicação ocorrerá em modelo piloto. A implantação do Enem Digital será progressiva, com início no próximo ano e previsão de consolidação em 2026. Nada muda para os participantes inscritos em 2019.

As primeiras aplica√ß√Ķes digitais ser√£o opcionais. Os participantes poder√£o escolher, no ato de inscri√ß√£o, pela aplica√ß√£o piloto no modelo digital ou pela tradicional prova em papel. No primeiro ano de teste, o modelo digital ser√° aplicado para 50 mil pessoas em 15 capitais do pa√≠s.

Com essa nova versão, por meio de computador, o governo federal pretende realizar o exame em várias datas ao longo do ano, por agendamento. A aplicação permanecerá em dois domingos, nos dias 11 e 18 de outubro de 2020, e os resultados serão divulgados de forma conjunta.

Em 2020, portanto, o Enem ter√° tr√™s aplica√ß√Ķes: a digital, a regular e a reaplica√ß√£o. Este √ļltimo caso √© voltado para candidatos prejudicados por algum problema log√≠stico ou de infraestrutura durante a realiza√ß√£o da prova digital. Eles ter√£o direito √† reaplica√ß√£o, que ocorrer√° em papel.

H√° tamb√©m uma economia com a impress√£o de papel e um ganho para o meio ambiente. Somente em 2019, mais de 10,2 milh√Ķes de provas ser√£o impressas para o Enem. Os custos da aplica√ß√£o superam R$ 500 milh√Ķes para os mais de 5 milh√Ķes de participantes confirmados na edi√ß√£o.

Do ponto de vista t√©cnico, o Enem Digital vai permitir a utiliza√ß√£o de novos tipos de quest√Ķes com v√≠deos, infogr√°ficos e at√© a l√≥gica dos games. Tamb√©m ser√° poss√≠vel aplicar o Enem em mais munic√≠pios.

O Ministério da Educação, por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) já se prepara para a aplicação piloto em 2020, com o desenvolvimento/aquisição da plataforma digital e desenho da aplicação a partir de dados coletados pelo Censo Escolar.

Mudan√ßa progressiva - O Enem Digital ser√° implantado gradualmente. Em 2019, a aplica√ß√£o ser√° em papel, como nas demais 21 edi√ß√Ķes do exame, e haver√° a aplica√ß√£o regular e a reaplica√ß√£o.

Em 2021, ser√£o realizadas duas aplica√ß√Ķes digitais, em datas distintas, agendadas previamente, tamb√©m opcionais. A edi√ß√£o servir√° como aprimoramento do piloto. Permanecem a aplica√ß√£o regular e a reaplica√ß√£o em papel.

De 2022 a 2025, o Enem Digital seguir√° sendo aprimorado. A previs√£o do Inep √© realizar at√© quatro aplica√ß√Ķes digitais, em datas distintas, com agendamento pr√©vio e ainda opcional para os participantes.

Em 2026, a vers√£o em papel para de ser distribu√≠da e o exame s√≥ ser√° em formato digital. A consolida√ß√£o do modelo digital ser√° marcada por diversas aplica√ß√Ķes regulares ao longo do ano, por agendamento, em todo o pa√≠s, e reaplica√ß√£o tamb√©m em modelo digital.

Confira as capitais que receber√£o a prova em formato digital em 2020

Belém (PA);
Belo Horizonte (MG);
Brasília (DF);
Campo Grande (MS);
Cuiab√° (MT);
Curitiba (PR);
Florianópolis (SC);
Goi√Ęnia (GO);
Jo√£o Pessoa (PB);
Manaus (AM);
Porto Alegre (RS);
Recife (PE);
Rio de Janeiro (RJ);
Salvador (BA);
S√£o Paulo (SP).

Postado em: 05/07/2019