• contato@biosaprova.com.br
  • Seg a sex 7h - 22h | S√°b 7h - 17h

Cita√ß√Ķes na reda√ß√£o do ENEM: aprenda como usar esse recurso

Frases c√©lebres devem acrescentar informa√ß√Ķes ao argumento do texto

Alguns estudantes optam por incluir cita√ß√Ķes na reda√ß√£o do ENEM. Esse recurso demonstra conhecimento e ajuda a incrementar as ideias do aluno. Por√©m, quando mal empregado, pode produzir um efeito contr√°rio, atrapalhando a argumenta√ß√£o e diminuindo a credibilidade do texto.
Muitos estudantes apostam no uso de cita√ß√Ķes na reda√ß√£o do ENEM.

Por isso, é necessário ter bom senso na hora de utilizar a fala de outros pensadores. Continue a leitura e veja dicas que poderão ajudar você.

Veja também: Dicas para fazer a sua Redação nota 1000 no ENEM
Tipos de cita√ß√Ķes na reda√ß√£o do ENEM

Uma cita√ß√£o pode ser retirada de um livro, um trecho de m√ļsica, uma not√≠cia ou um discurso c√©lebre. Qualquer que seja a origem daquela informa√ß√£o, o importante √© conhecer a fonte. Afinal, apenas dados reais e fidedignos colaboram para a constru√ß√£o de um argumento coerente.

Tamb√©m √© importante ter certeza do que foi dito. Dessa forma, n√£o se p√Ķem palavras diferentes na boca de algu√©m, at√© porque isso poderia ocasionar erros de interpreta√ß√£o.

Existem duas maneiras de mencionar pensamentos de terceiros. A primeira é pela citação direta. Nesse caso, transfere-se a frase tal como ela foi proferida. Usam-se aspas e, claro, o nome do autor. Exemplo:

‚ÄúNavegar √© preciso, viver n√£o √© preciso‚ÄĚ
, disse o poeta Fernando Pessoa.

A alternativa a esse modelo é a paráfrase, ou citação indireta. Nessa situação, você utilizará suas próprias palavras para explicar o que foi dito pelo famoso. Não se usam aspas. Compare:

Fernando Pessoa já explicou, em um de seus poemas, que a vida não tem a mesma precisão de uma viagem com itinerário pré-determinado.

Note que, mesmo parafraseando, é necessário mencionar a autoria. Utilizar material de outras pessoas, sem fonte, é crime de plágio.
Quando usar cita√ß√Ķes numa reda√ß√£o

Aos olhos dos avaliadores, cita√ß√Ķes na reda√ß√£o do ENEM demonstram repert√≥rio cultural. Tamb√©m s√£o sinal de que o estudante √© capaz de relacionar ideias diferentes sobre um mesmo tema.

Por√©m, n√£o se deve abusar desse recurso. As falas precisam acrescentar informa√ß√Ķes que sejam relevantes para o debate proposto. Do contr√°rio, ser√£o apenas firula. Portanto, se voc√™ quiser recorrer √†s aspas ou √†s par√°frases, lembre-se destas recomenda√ß√Ķes:

    Utilize uma frase condizente com a ideia central do seu texto. Não adianta citar alguém apenas por citar. Certifique-se de que o excerto contribua para o argumento geral e não esteja deslocado do contexto.
¬†¬†¬† Evite cita√ß√Ķes no in√≠cio ou no fim do trabalho, pois elas podem atrapalhar a coes√£o. Apesar do not√≥rio conhecimento de outros autores, a reda√ß√£o serve para apresentar o seu ponto de vista, ou seja, a sua habilidade para refletir e tirar as pr√≥prias conclus√Ķes numa discuss√£o.
¬†¬†¬† N√£o exagere na quantidade de cita√ß√Ķes. O texto pode ficar parecendo uma ‚Äúcolcha de retalhos‚ÄĚ. Reiterando: demonstrar repert√≥rio conta pontos, mas, melhor que isso, √© saber articular conceitos e pensar por si mesmo. De toda forma, nas 30 linhas destinadas √† parte escrita da prova, nem sobra muito espa√ßo para o discurso alheio.

Fonte: ViaCarreira

Postado em: 09/03/2018