• contato@biosaprova.com.br
  • Seg a sex 7h - 22h | S√°b 7h - 17h

Entenda o Pisa, avaliação mundial de educação, e o resultado do Brasil

Pisa, na sigla em ingl√™s, trata-se do Programa Internacional de Avalia√ß√£o de Estudantes: uma pesquisa sobre a educa√ß√£o mundial, divulgada a cada tr√™s anos, pela Organiza√ß√£o para Coopera√ß√£o e Desenvolvimento Econ√īmico (OCDE). O exame √© aplicado em todos os pa√≠ses-membro do √≥rg√£o respons√°vel e tamb√©m em pa√≠ses parceiros, como o Brasil.

A prova analisa as habilidades de alunos de 15 anos em relação à leitura, matemática e ciência. A cada edição, uma destas três disciplinas principais é escolhida como ponto principal a ser examinado. Além de avaliar a educação financeira e um questionário com estudantes, professores, diretores e escolas e pais.

O teste, aplicado em um √ļnico dia, √© feito em computadores, com duas horas de dura√ß√£o. Nele, os alunos respondem quest√Ķes objetivas e discursivas. J√° nos anos em que a prova n√£o √© aplicada, a OCDE produz as quest√Ķes e seleciona as escolas, que v√£o representam uma amostra significativa da popula√ß√£o.

O objetivo √© ir al√©m do que o estudante absorveu ou n√£o do conte√ļdo dentro da sala de aula, tamb√©m observar se ele consegui aplicar os conhecimentos fora da escola. Por meio deste teste, acontece uma compara√ß√£o dos n√≠veis de aprendizagem dos diferente pa√≠ses, discutindo como os sistemas de ensino podem fazer para melhorar seu desempenho.

Desempenho do Brasil no PISA 2018
A √ļltima edi√ß√£o aconteceu em 2018, na qual participaram 600 mil estudantes de 15 anos de 80 pa√≠ses diferentes, com o foco em leitura. O relat√≥rio foi divulgado mundialmente nesta ter√ßa-feira (3).

O Brasil, que participou desde a primeira avalia√ß√£o em 2000, avaliou no ano passado ‚Äď por meio da coordena√ß√£o do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais An√≠sio Teixeira (Inep) ‚Äď cerca de 13.000 estudantes.

Mas, infelizmente, os resultados são preocupantes: 68,1% dos estudantes brasileiros estão no pior nível de proficiência em matemática e não possuem nível básico. Assim, caiu da posição 65ª para a 70ª posição nesta disciplina.

Em ciências, nenhum aluno conseguiu chegar ao topo da proficiência na área e 55% não atingiram o nível básico.

Sobre leitura e compreensão de texto, o país também não avançou. Cerca de 50% dos brasileiros não atingiram o mínimo de proficiência que todos os jovens devem adquirir até o final do ensino médio. O Pisa 2018 revela que os estudantes brasileiros estão dois anos e meio abaixo dos países da OCDE em relação ao nível de escolarização de proficiência em leitura.

Fonte: guiadoestudante.abril.com.br

Postado em: 04/12/2019